Asilos da Grande Florianópolis recebem gel antisséptico sem álcool para higienização das mãos dos idosos

Ação foi viabilizada pela startup Aya Tech em parceria com a Rede FarmaSesi, 

através do Programa Eu Voluntário, da FIESC 

Um dos grupos de maior risco para o Coronavírus são os idosos, que desde o início da pandemia têm sido uma das grandes preocupações das autoridades e das famílias. Na Grande Florianópolis os asilos têm recebido um apoio extra para cuidar da prevenção dos seus moradores. Eles receberam doações de um gel antisséptico inédito, cujo grande diferencial é que não leva álcool na formulação – o que torna o produto ideal para a pele sensível das pessoas com mais idade.

O gel faz parte da Linha de Antissépticos Biocosméticos GY®, da startup Aya Tech e foi criado pela Engenheira Química Fernanda Checchinato, formada pela Universidade Federal de Santa Catarina. Sensibilizada com a situação de risco deste grupo, ela enviou em maio e junho dezenas de unidades do gel para quatro instituições da Grande Florianópolis: Asilo Irmão Joaquim (Capital), Pérolas Residencial Geriátrico (Biguaçu), Lar dos Velhinhos de Zulma (São José) e Associação Casa Irmã Dulce (Tijucas).  Juntas eles atendem quase 200 internos.

As doações para estas três últimas entidades foi resultado de uma parceria com a rede FarmaSesi, da FIESC, e foram viabilizadas por meio da Liga Conecta SC, uma iniciativa da FIESC que integra o Programa Eu Voluntário. O objetivo é aproximar pessoas e empresas de instituições que estejam necessitando de doações para amenizar os prejuízos causados pela pandemia.

Linha conta com spray que combate vírus por até seis horas

 A Linha Gy, que conta ainda com um spray, é a primeira do Brasil sem álcool na formulação e voltada para uso do público em geral (hoje existe apenas para uso hospitalar). Os produtos combatem com 99,9% de eficiência contra bactérias, fungos e vírus como o Coronavírus*, H1N1*, Influenza A*, entre outros*. Ambos podem ser usados por pessoas de qualquer idade e são dermatologicamente testados.

A eficácia dos dois produtos se deve aos potentes componentes ativos presentes nas fórmulas: ambos possuem óleo essencial de melaleuca; o spray leva ainda clorexidina e o gel contém dihidrocloreto de octenidina e etilhexilglicerina.

O spray se destaca pela alta durabilidade (devido a clorexidina presente na sua formulação), pois permanece ativo nas mãos por até seis horas (sem lavação), eliminando os vírus* e bactérias que entram em contato com a pele – diferente do álcool 70%, que evapora rapidamente e só faz efeito na hora. Os produtos podem ser usados por pessoas de qualquer idade, são dermatologicamente testados e possuem registro na Anvisa**.

Em Santa Catarina a Linha Gy pode ser encontrada em três locais: Casa Floripa (48 991228618), Saúde dos Pés/Joinville (47 99280-6928) e Bubble Baby /Criciúma (48 9187-3008). É possível adquirir os produtos também on line nas lojas BoironGravidicasCasa do Alérgico e Amazon.

Obs. A Aya-Tech não realiza teste em animais.

De acordo com literatura e artigos científicos da área médica sobre o ingrediente ativo.

** Gel GY (Processo Anvisa nº 25351134865202071, fabricação e comercialização autorizadas pela RDC 350/2020). Spray GY (Processo Anvisa nº 25351.091388/2020-42)

—————————————————————————————-

AMPLOCOM – SOLUÇÕES EM COMUNICAÇÃO / Roberta Sandreschi

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Federação das Indústrias de Santa Catarina lança conteúdo exclusivo para profissionais em busca de emprego

A pandemia do coronavírus teve impacto direto na alta do desemprego no Brasil. Dados da PNAD Covid-19, do IBGE, apontam que o número de...

Empresa Simples de Crédito e Cadastro Positivo surgem como alternativas de crédito para micro e pequenas empresas

Nem sempre as condições são fáceis para que micro e pequenos empreendedores consigam crédito ou capital de giro para seus negócios. No ano passado,...

O colorido na lateral do cemitério de Orleans tem chamado a atenção

O Campo Santo de Orleans já algum tempo vem passando por várias reformas e uma em especial chama a atenção, a pintura da lateral...

Em tempos de pandemia, shoppings do Rio terão Papai Noel ‘virtual’

O Bom Velhinho, marca registrada do Natal – principalmente das programações de fim de ano dos shoppings – faz parte do grupo de risco...