“Artesanato Encantado” é uma das novidades do Doce Natal de Caibi

A cada edição do evento “Doce Natal de Caibi” são inseridas inovações para surpreender os moradores e os visitantes do município do extremo oeste catarinense. Neste ano, não seria diferente e nem mesmo a pandemia da covid-19 apagará o brilho desta data tão especial.  A estratégia de transformar a celebração tradicional em um produto turístico foi definida em 2017, a partir da elaboração do Plano Municipal de Turismo. Esse posicionamento tem sido aprimorado ao longo dos anos pelo Programa Cidade Empreendedora, executado pelo Sebrae/SC.

O propósito é cativar e encantar as pessoas com os atrativos de Caibi, gerar fluxo turístico e, com isso, promover a geração de renda e de novas oportunidades para os munícipes. Segundo a consultora credenciada ao Sebrae/SC e turismóloga, Karla Hall, a proposta deste ano considera todas as orientações dos órgãos de saúde no combate ao novo coronavírus. “Teremos intervenções culturais em espaços diferentes, respeitando o distanciamento social e para evitar aglomerações do público”, assegura ao antecipar que o lançamento da programação acontecerá em novembro com data a ser definida.

Os trabalhos neste ano estão voltados à definição da identidade visual do “Doce Natal”. Karla explica que o processo envolve a participação ativa da comunidade local, pois o objetivo é gerar emprego e renda com a data comemorativa. “Até o momento foram desenvolvidas várias ações de fortalecimento do comércio, de aprimoramento das doceiras e de fomento do artesanato identitário, com a criação de peças com linguagem singular que remete ao município e ao evento. Todo esse trabalho vem cumprindo com o propósito inicial que é fortalecer a cadeia turística, atrair visitantes e gerar benefícios para a comunidade local”, destaca Karla.

Nesta semana foi concluída a primeira etapa de estímulo do artesanato no município. De acordo com a consultora credenciada ao Sebrae/SC, Silvia Baggio, a partir de pesquisa sobre os elementos locais foi concebida a coleção de artesanato e souvenirs, que evidenciam o “Doce Natal”. “Foram criadas estamparias e arte relacionadas ao município e ao evento; desenvolvida a proposta de identidade visual ‘Artesanato Encantado’; e guia de aplicabilidade visual – tags, etiquetas, adesivos, entre outros. O objetivo é ressaltar a identidade cultural de Caibi evocando sentimentos de pertencimento, afeto e sensibilidade para uma data que é significativa e movimenta toda a estrutura turística”, ressalta Silva.

A próxima fase iniciará na semana que vem com atividades de capacitação destinadas às artesãs participantes do projeto. “Serão desenvolvidas as peças da coleção e elaborados novos itens com o repertório de cada uma das integrantes. Bonecos cheios, moda casa e utilitários, que trazem nas cores e no fazer manual a poesia e os sentimentos que nutrimos especialmente neste período e que tão lindamente estão sendo realizados em Caibi”, antecipa Silva ao comentar que tratam-se de ações conjuntas que se complementam e potencializam com os melhores talentos locais. Os produtos serão comercializados na Feira de Natal.

Resultados

A programação do “Doce Natal de Caibi” atraiu em 2019 mais de 15 mil turistas, de 112 municípios diferentes. Ainda entre os resultados obtidos pelo comparativo de 2018 a 2019 estão: crescimento de 36% no faturamento bruto da praça de alimentação; incremento de 7% no lucro médio das entidades participantes e formalização de aproximadamente 90% das doceiras que comercializam produtos durante as festividades de fim de ano.

MB Comunicação Empresarial/Organizacional

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MUNDO | Diana: a princesa do povo que se tornou também ícone fashionn

Lady Di (1961 – 1997) construiu um legado ao longo de sua vida que poucas personalidades no mundo conseguiram alcançar. O título de ‘princesa do...

Funerária Zapelini informa o falecimento do jovem Renan Estevão Medeiros

Faleceu hoje (28) no hospital de Criciúma as 14:00hs com a idade de 27 anos o jovem Renan Estevão Medeiros Deixa a esposa, uma filha,...

Ministério da Saúde não prevê vacinar toda a população contra a covid em 2021

Nem todos os brasileiros devem ser vacinados contra a covid-19 em 2021. O Ministério da Saúde informou nessa 6ª feira (27.nov.2020) que a prioridade...

Meu CPF simplifica serviços on-line junto a Receita Federal

Visando o aumento significativo na demanda por atendimento para obter serviços relacionados ao CPF nas unidades físicas, a Receita Federal lançou no site uma...