Apreendidos 3,5 quilos de haxixe, em Florianópolis

Policiais civis da Central de Investigações Leste e Sul (CILS) realizaram nesta sexta-feira (24) a prisão de um homem de 34 anos por tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Ronaldo Moretto, após investigações realizadas pela CILS, os policiais civis receberam informações que ele estaria em posse de pés de maconha e, supostamente, de outras drogas, em sua residência, no bairro Campeche. A equipe da CILS realizou buscas na residência, tendo lá encontrado 3,5 quilos da droga conhecida como haxixe, um composto feito de maconha.

O investigado alegou que o material apreendido era cera de carnaúba, supostamente utilizada para preparar pistas de skate. Contudo, o Instituto Geral de Perícias (IGP), em exame preliminar, constatou que a substância apresentava resina da erva cannabis sativa em sua composição, planta que é conhecida como maconha.

A quantidade de haxixe apreendida é uma das maiores do ano em Santa Catarina, conforme o delegado. O investigado é de Belém (Pará) e residia em Florianópolis há quatro anos. Após a prisão e procedimentos, o preso será encaminhado ao sistema prisional.

Policia Civil SC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TST aprova reajuste e determina o fim da greve dos Correios

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu nesta segunda-feira, 21, que os funcionários dos Correios devem receber um reajuste de 2,6% e retomar as atividades a partir desta...

Crianças recebem computador por empréstimo para assistir aulas on-line

O Colégio SESC está promovendo uma ação cidadã para possibilitar que seus alunos que não possuem computador em casa assistam às aulas on-line e participem dos encontros realizados...

Laguna | Tem diminuição no número de pacientes ativos em tratamento de Covid

Em uma semana, Laguna teve uma diminuição considerável no número de pacientes ativos, que estão em tratamento de coronavírus no município. A cidade passou...

1ª Dama que vai ao velório, em carro oficial, é condenada com o marido por improbidade

Aconteceu no Oeste de Santa Catarina em 2009. Um familiar do prefeito faleceu e a primeira-dama e sua tia foram ao velório. O problema...