Ao menos 49 morrem em acidente no México com caminhão que transportava imigrantes

Pelo menos 49 pessoas morreram nesta quinta-feira (9/12) em um acidente com um caminhão no Estado de Chiapas, no México.

O secretário de Proteção Civil de Chiapas, Luis Manuel García Moreno, informou que pelo menos 107 pessoas viajavam na carreta e que a maioria era da Guatemala e de El Salvador.

Cerca de 60 pessoas ficaram feridas, três delas gravemente, e foram levadas para diferentes hospitais.

De acordo com a mídia mexicana, o motorista do caminhão fugiu após o acidente, que ocorreu pouco antes das 15h30 no horário local, na rodovia Panamericana. O veículo vinha do município de Comitán, na fronteira com a Guatemala.

Segundo os moradores da região, que foram os primeiros a chegar ao local do acidente e a prestar ajuda às vítimas, o caminhão andava com “excesso de velocidade” e perdeu o controle em uma curva acentuada, antes de bater na estrutura de uma passarela de pedestres.

Com isso, a carreta que transportava passageiros se desprendeu e as vítimas se espalharam pela estrada.

Bombeiros, agentes da Proteção Civil e da Cruz Vermelha se dirigiram ao local para fazer resgates. Moradores e motoristas que passavam pela estrada cederam seus veículos para levar os feridos aos hospitais.

“Minhas condolências às vítimas e famílias afetadas. Em comunicação com o Governo do Estado e a Proteção Civil. Entramos em contato com as chancelarias dos países afetados”, tuitou o chanceler mexicano, Marcelo Ebrard.

Moradores e motoristas que passavam pelo local cederam seus carros para levar vítimas ao hospital© Reuters Moradores e motoristas que passavam pelo local cederam seus carros para levar vítimas ao hospital

O presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, também escreveu no Twitter: “Lamento profundamente a tragédia no Estado de Chiapas e me solidarizo com os familiares das vítimas, às quais oferecemos toda a assistência consular necessária, inclusive repatriações.”

De acordo com a mídia local, alguns migrantes que saíram ilesos do acidente se apresentaram ao Instituto Nacional de Migração, que também está oferecendo apoio no local.

Com informações da BBC News

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS