Ao completar 74 anos, ACIC comemora retorno das operações da Azul em Chapecó

Ontem segunda-feira (10), a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) completa 74 anos e comemora o retorno das operações da Azul Linhas Aéreas Brasileiras no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso. A companhia aérea terá voos nas segundas, quartas e sextas-feiras de Chapecó a Florianópolis, com saída às 11h50 e chegada às 12h50, e de Florianópolis a Chapecó com saída às 13h55 e chegada às 14h40. O trajeto será feito com uma aeronave Embraer 195, com capacidade para 118 passageiros.

A ACIC atuou fortemente para manter a ligação direta Chapecó-Florianópolis, pois considera o trajeto de alto interesse para Santa Catarina sob os aspectos econômico, político e cultural. Quando a companhia anunciou o cancelamento da operação, a partir do dia 20 de março, a entidade encaminhou manifestação ao presidente da Azul, solicitando sua manutenção.

“A integração territorial é fator essencial para os setores público e privado, notadamente nesse período em que a pandemia exige, entre as várias regiões catarinenses, intenso trânsito de profissionais da saúde, equipamentos médicos e medicamentos”, sublinha o presidente da ACIC, Nelson Eiji Akimoto. A ACIC sugeriu a adoção de medidas que ajustassem a operação do transporte a esse período de baixa demanda, provocado pela pandemia.

O anúncio da retomada dos voos foi recebido pela ACIC há alguns dias, que retornou expediente à companhia aérea agradecendo o atendimento do pedido da classe empresarial. “Tivemos união de esforços de diversas entidades empresariais e da Assembleia Legislativa para que esses voos retornassem. É mais um exemplo de que juntos conseguimos melhorias para o município e para a região”, realça Akimoto.

“Recebemos a informação do retorno dos voos certos de que nossos esforços valeram a pena, em uma data que também marca o aniversário da ACIC e que para nós é simbólica, pois representa 74 anos de atuação em prol dos associados e da comunidade”, enfatiza Akimoto, ao complementar que Chapecó é um polo de uma vasta região. “Esses voos beneficiam cerca de 200 municípios e 2 milhões de habitantes e são fundamentais para a manutenção dos negócios e de atividades de lazer”, conclui o presidente da ACIC.

Reportagem: MB Comunicação Empresarial/Organizacional

ÚLTIMAS NOTÍCIAS