Antecipação do BPC e auxílio-doença é prorrogado até outubro. Entenda.

Por meio de decreto, o presidente Jair Bolsonaro prorrogou  a antecipação do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e do auxílio-doença pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A prorrogação é válida até 31 de outubro deste ano.

O Ministério da Economia justificou a decisão pelo fato das agências do INSS estarem fechadas devido à pandemia da Covid-19. Por conta disso, O pedido de auxílio-doença passou a ser feito pela internet, devido ao fechamento das agências do INSS.

O BPC é um benefício que totaliza o valor de um salário mínimo concedido a idosos a partir de 65 anos e pessoas com deficiências que comprovem baixa renda. Devido à pandemia, o governo decidiu antecipar o pagamento de R$ 600 do auxílio às pessoas que ainda aguardam análise do benefício.

Para mais informações, acesse: www.inss.gov.br/

Reportagem: Paulo Oliveira – Brasil 61

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Pescaria Brava | Pacientes crônicos serão testados

Após os mais de 1,5 mil idosos acima de 60 anos de Pescaria Brava serem testados para o novo coronavírus, a secretaria de Saúde...

Profissionais do setor de eventos farão manifestação nesta terça-feira em Criciúma

Profissionais do setor de eventos do Sul do Estado farão uma manifestação nesta terça-feira (21), em Criciúma, pedindo que sejam ouvidos pelas autoridades governamentais...

Em SP, rede pública volta a partir de 7 de outubro

O Governo do Estado de São Paulo decidiu que as aulas presenciais da rede pública de ensino serão retomadas no dia 7 de outubro....

Itália diz ‘sim’ a redução de parlamentares, aponta boca de urna

(ANSA) - Uma pesquisa de boca de urna indicou uma vitória do "sim" no referendo sobre uma reforma constitucional que reduz em um terço...