Antecipação do 13° dos aposentados é prioridade após aprovação do Orçamento

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a afirmar semana passada que, imediatamente após a aprovação do Orçamento no Congresso Nacional, o governo deve “disparar” a antecipação do 13º salário dos aposentados e pensionistas do INSS.

A antecipação foi anunciada no início do ano, com previsão de início em fevereiro, mas devido ao atraso na aprovação do Orçamento, o pagamento ainda não foi liberado. “Se os senhores aprovarem o Orçamento hoje, podemos disparar imediatamente a antecipação dos benefícios de aposentados e pensionistas”, afirmou Guedes na comissão temporária do Senado que acompanha as medidas de enfrentamento à COVID-19.

O ministro disse ainda que, por se tratar da antecipação de um pagamento já previsto, a medida não causará impacto fiscal.

Com informações da COBAP

ÚLTIMAS NOTÍCIAS