AMUREL | Novas medidas devem ser avaliadas em reunião

Os 18 prefeitos da Amurel devem se reunir novamente nesta segunda-feira, junto ao Comitê de Saúde, para decidir quais medidas poderão ser tomadas para barrar o avanço dos casos de coronavírus na região.

Na sexta-feira, o governo do Estado divulgou que a Amurel voltou a ser classificada como área gravíssima em relação à pandemia de covid-19. Ainda na sexta, o governo anunciou que manteria por mais sete dias as medidas de enfrentamento ao coronavírus que estavam em vigor nas regiões do Alto Vale do Itajaí, Médio Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí, Nordeste, Carbonífera, Extremo Sul, Alto Vale do Rio do Peixe e Meio Oeste. A Amurel não consta nessa lista.

Segundo o Estado, as regiões que entraram em estado gravíssimo não foram incluídas no processo devido aos critérios epidemiológicos que apontam 14 dias como o prazo necessário para a consolidação das ações de enfrentamento. Caso permaneçam na mesma situação na Matriz de Avaliação de Risco Potencial, novas medidas poderão ser aplicadas. Ainda de acordo com o governo, entretanto, as regiões e os municípios podem adotar ações mais restritivas. Com isso, as prefeituras da região decidiram prorrogar os decretos que estavam em vigor até hoje ou por mais alguns dias, como Laguna (sete dias) e Jaguaruna (14 dias). “Estamos nos sentindo à deriva”, explica o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, sobre a posição do governo do Estado.

“Nos colocaram em situação gravíssima, sem compreender as razões para isso. Todos os indicadores apresentaram melhoras nas últimas semanas, principalmente na ocupação de leitos de UTI, que diminuiu. Não resolvemos o problema, mas houve uma melhora significativa. Hoje, vamos nos reunir mais uma vez para tentar apurar o que pode ser feito para que a região deixe de ser classificada como área gravíssima”, relatou o prefeito ao Diário do Sul na tarde de ontem, por telefone.

Com informações do Diário do Sul

Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS