Alunos do Ensino Médio de Itajaí desenvolvem projetos empreendedores

Com o intuito de despertar o empreendedorismo nos jovens, o Sebrae/SC, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação de Santa Catarina (SED), iniciou a aplicação do “Programa Despertar” em vinte e quatro escolas da Rede Pública de Ensino Médio no estado. Aproximadamente 1100 alunos estão participando do projeto e desenvolvendo novos modelos de negócios que serão apresentados para a comunidade. A iniciativa é acompanhada por professores capacitados e consultores do Sebrae de forma online e faz parte da implementação do Novo Ensino Médio, sendo a parte flexível do currículo escolar.

Na Escola de Educação Básica Nereu Ramos, em Itajaí, dois estudantes do 1º ano do Ensino Médio desenvolveram, através da plataforma “Sebrae Canvas”, um modelo de negócio para pequenos e médios empreendedores com proposta de valores, segmentos de mercado, estrutura de custos, canais de vendas e possíveis parcerias. O aluno Gabriel Lisboa Prestes, 16 anos, participa de competições de Vela no município e conta que seu modelo de negócio é uma espécie de loja de produtos Náuticos com uma escola de Remo e Vela. “Futuramente eu pretendo seguir uma carreira na área Náutica, para levar a todos esse amor e consciência ambiental em relação aos oceanos, através do meu futuro negócio. Essa experiência toda foi muito produtiva, educativa e apaixonante. O curso mal começou e já estou muito empolgado!”, comenta.

Já a aluna Isabelle Cristine Marques Serra, de 15 anos, criou seu modelo de negócio para a área do Design. “Pesquisei bastante sobre os tipos de micro e grandes empresas e escolhi o desing por ser um ramo que tem tomado muito espaço no mercado brasileiro e consequentemente na área dos negócios. Acredito que o Curso Despertar tem acarretado não só em mim, mas em todos os alunos um “espírito empreendedor”, trazendo conhecimento que pode ser usado em um futuro próximo, além de me trazer informação e entendimento sobre todas as etapas que uma empresa precisa seguir para chegar ao sucesso”, destaca.

Além do desenvolvimento do projeto online, uma das propostas do programa é a construção do modelo de negócios de forma física, com materiais que os estudantes têm disponíveis em casa para visualização das etapas. Na Escola de Educação Básica Nereu Ramos o programa está sendo aplicado pelo Professor Israel Raulino Coelho, juntamente com o Consultor do Sebrae Aglair Fernandes. “Aos poucos, os alunos foram percebendo que eles já possuíam muitas habilidades e competências que estão ligadas ao perfil do empreendedor e puderam escolher propostas que eles já tinham conhecimento como: escola de veleiros e loja de materiais para barcos a vela; design gráfico; aulas de piano; etc. Essa iniciativa foi muito enriquecedora para os alunos, porém para mim foi mais ainda, pois pude ter ainda mais experiência como professor de educação empreendedora”, finaliza.

O Programa Despertar torna o jovem mais apto a atuar em um mundo com novas relações de trabalho e a assumir o papel de empreendedor em quaisquer situações que se apresentem em sua vida. O projeto deve seguir até o fim do ano e a expectativa é de que após a conclusão seja realizada a feira do jovem empreendedor, para que os alunos possam mostrar suas ideias de negócio para a sociedade catarinense.

Novo Ensino Médio

O projeto Despertar é uma assessoria que está sendo aplicada dentro da nova matriz curricular do ensino médio, que conta além da base das disciplinas comuns, com uma base flexível que procura atender às demandas da juventude. Aproximadamente trinta e três escolas catarinenses responderam a um questionário e escolheram o componente curricular eletivo do empreendedorismo para ser trabalhado ao longo do ano.

Para a Diretora da EEB Nereu Ramos, Regiane de Jesus Vieira, programas como o Despertar são fundamentais para o processo ensino aprendizagem dos alunos do novo ensino médio, por apresentarem uma dinâmica que vai além da sala de aula. “Este projeto foi de grande valia, principalmente no momento como este em que estamos vivendo. Mesmo com todas as dificuldades nossos alunos foram além e provaram que quando queremos construir algo, realmente fazemos acontecer. Com certeza os alunos estarão preparados para o mercado de trabalho”, comenta.

Colaboração: Roberta Watzko

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CONVITE | Prefeitura de Orleans convida para “AUDIÊNCIA PÚBLICA”

A Prefeitura Municipal de Orleans, CONVIDA para participar da Audiência Pública Virtual de Avaliação e Cumprimento das Metas Fiscais do Segundo Quadrimestre de 2020...

Asteroide passa ‘raspando’ pela Terra e chega mais perto de nós do que satélites de TV

Por pouco não tivemos a ‘visita‘ de um asteroide na manhã desta quinta-feira (24). O evento era, basicamente, a cereja do bolo do que está sendo...

MUNDO | Sobrinho de Pablo Escobar encontra R$ 100 milhões em antigo apartamento do tio

Pablo Escobar foi morto há 27 anos, mas a história de um dos maiores narcotraficantes do mundo ainda ecoa. Um sobrinho que mora em...

11º RPM apresenta números das fiscalizações contra a Covid-19

Nestes mais de seis meses de ações contra a Covid-19, a 11ª Região da Polícia Militar (RPM), que é responsável pelo policiamento nas cidades...