Alunos de escola municipal viram escritores e ‘publicam’ livro

Livro foi escrito a várias mãos pelos alunos do 7º ano do ensino fundamental, da Escola Elisabeth Ulysséa Arantes (antigo Caic), no Portinho. Eles também ilustram a obra. A obra infantil, que reproduz um caderno comum para manter o estilo escolar, foi impressa e “lançada” na escola com direito a autógrafos, como manda o roteiro de grandes escritores.

“Uma história que mostra uma menina bastante curiosa em busca de respostas para dúvidas sobre uma planta carnívora. A criança, apaixonada por ciências, investiga a fundo as suas dúvidas para descobrir uma forma de criar a planta, sem que seu gato seja devorado por ela”. É basicamente este o enredo de Lili e a planta carnívora.

O livro foi escrito a várias mãos pelos alunos do 7º ano do ensino fundamental, da Escola Elisabeth Ulysséa Arantes (antigo Caic), no Portinho. Eles também ilustram a obra. A obra infantil, que reproduz um caderno comum para manter o estilo escolar, foi impressa e “lançada” na escola com direito a autógrafos, como manda o roteiro de grandes escritores.

“Foi um livro construído através do projeto que chamamos de ‘Ciência na Prática’, onde, junto com a professora Rosane Gonçalves, buscamos incentivar a leitura através do mundo científico com as crianças do 7º ano. Eles criaram a narrativa e fizeram suas próprias ilustrações”, comenta a professora Scheila Preve. Segundo as educadoras, as crianças ficaram bastante envolvidas e interessadas com a tarefa de produzir o livro. A alegria também foi compartilhada pelas ex-professoras dos estudantes, Rosângela Iung e Simone Bittencourt. “Ficamos muito contentes de vê-los escrevendo”, relata Rosângela.

Em poucas páginas, o enredo é apresentado e se desenrola com facilidade. Mas para quem quiser conferi-lo e descobrir se Lili chegou ao seu objetivo, vai ter que ler o livro. Agora Laguna até conseguiu a informação para publicar, mas a planta da histórica devorou o desfecho antes que conseguíssemos divulgar. As edições impressas foram presentes das educadoras para os estudantes e uma cópia ficou na biblioteca da escola.

Alunos

Escreveram o livro os alunos: Amanda Souza, Daphine Oliveira, Dhully Cardoso, Gabriel Barbosa, Isabela Carvalho, Jeseias Rodrigues, Joao Vitor, Maria Eduarda Marcílio, Mônica Fernandes, Nayara Camilo, Pedro Henrique Fernandes, Pedro Henrique Souza, Pietro Oliveira, Victor Sabino e Yuri Cereja. O livro teve editoração de Bruna Preve.

Divulgação/EEBEUA
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS