Água de alecrim pode deixar seu cérebro até 11 anos mais jovem, segundo cientistas

Publicado em 9 de outubro de 2019

Água de alecrim pode deixar seu cérebro até 11 anos mais jovem, segundo cientistas
Água de alecrim pode deixar seu cérebro até 11 anos mais jovem, segundo cientistas

Engana-se quem pensa que o alecrim é somente um tempero para certas receitas: ainda que a planta seja de fato especial para trazer sabor e aroma à comida, o alecrim pode ser um verdadeiro remédio, com efeito especial para nossa memória e contra o envelhecimento de nosso cérebro. Foi isso que uma pesquisa realizada pela Universidade de Northumbria, na Inglaterra, comprovou: a ingestão de uma infusão de alecrim é capaz de aguçar nossa memória e melhorar a capacidade funcional do cérebro.

Segundo o trabalho realizado pela universidade, um único copo diário da “água de alecrim” pode, por conta de um composto presente na planta chamado ecaliptol, aumentar nossa capacidade de relembrar o passado em até 15%. A ação antioxidante do alecrim é capaz também de reduzir qualquer inflamação no sistema nervoso e, assim, prevenir seu envelhecimento. Como se não bastasse, o alecrim possui propriedades e efeitos de um diurético natural – ao aumentar a produção de urina a planta ajuda a diluir e remover fluidos e toxinas retidos no corpo, desinchando e melhorando a saúde do corpo.

O preparo da infusão de alecrim é simples e fácil, feito com nada além de duas xícaras de água, um pote e duas colheres de sopa de alecrim fresco ou uma colher de sopa de folhas secas. Depois de ferver a água, basta colocar as folhas dentro da água fervente, mexer e retirar do fogo. Deixe esfriar e descansar a mistura por 12 horas e, em seguida, filtre através de uma peneira ou de um filtro de café e sua água de alecrim estará pronta – e seu cérebro agradecerá por muito mais tempo.

Vitor Paiva : Redação Hypeness

© fotos: divulgação

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

NOTÍCIAS RELACIONADAS

FAÇA SUA PESQUISA