Abono de R$ 200 por não faltar ao trabalho é discutido em Maracajá

A incorporação aos salários do abono assiduidade, de R$ 200,00 ao mês, instituído em 2018, foi um dos pontos da rodada de negociações entre representantes do Sindicato dos Servidores Municipais de Maracajá e a administração municipal, na sexta-feira , 28, no Gabinete do Prefeito Arlindo Rocha.

A presidente do Sindicato, Michelini Francisco, disse que a incorporação do abono assiduidade é uma das mais importantes reivindicações da categoria, em todos os setores, além de ganho real nos salários. Salientou que os servidores temem perder esta conquista na próxima administração.

O prefeito Arlindo Rocha enfatizou que a implantação do abono assiduidade para servidores que não faltam ao trabalho atingiu seu objetivo e as faltas injustificadas ou afastamento, comuns anteriormente, foram praticamente eliminados. “Como continuar conseguindo este resultado, se a assiduidade não tiver compensação?”, questionou o prefeito.

Rocha salientou sua preocupação com os salários da faixa intermediária. Com implantação do piso salarial em 2018, que subiu para R$ 1.250,00, beneficiando mais de um terço dos servidores, estes se equipararam à primeira faixa dos salários intermediários. “Os salários do meio da tabela também são baixos e este pessoal, da mesma forma, precisa ser valorizado”, acrescentou.

Como a negociação somente poderá ser fechada a partir de 10 de março, após divulgação do INPC dos últimos 12 meses, as partes se dispuseram a continuar negociando. “Podemos conversar todos os dias se preciso for e vamos avançar dentro das nossas possibilidades financeiras, que os servidores sabem, exatamente, quais são”, acentuou o prefeito, pois têm acesso a todos os dados da administração.

Fonte: Assessoria de Comunicação

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Freiras brasileiras são sequestradas por terroristas em Moçambique

Duas freiras brasileiras foram feitas reféns por 24 dias por extremistas islâmicos em Moçambique, na África. Ambas já foram liberadas, mas em estado de...

Pescaria Brava | Pacientes crônicos serão testados

Após os mais de 1,5 mil idosos acima de 60 anos de Pescaria Brava serem testados para o novo coronavírus, a secretaria de Saúde...

Profissionais do setor de eventos farão manifestação nesta terça-feira em Criciúma

Profissionais do setor de eventos do Sul do Estado farão uma manifestação nesta terça-feira (21), em Criciúma, pedindo que sejam ouvidos pelas autoridades governamentais...

Em SP, rede pública volta a partir de 7 de outubro

O Governo do Estado de São Paulo decidiu que as aulas presenciais da rede pública de ensino serão retomadas no dia 7 de outubro....