6 dicas básicas sobre armazenamento e degustação de vinhos

Mundo vasto o dos vinhos. Além de paixão para muitos ou itens valiosíssimos de coleção, as bebidas podem acompanhar refeições e ocasiões especiais sempre repletas de sabor.

Para saber mais sobre o armazenamento e cuidados que devemos ter com nossas preciosas garrafas, a sommelière Jessica Marinzeck, da Evino, entrega o jogo. Ela comenta também sobre o uso do decanter e como ele pode melhorar a sua experiência com vinhos.

1. Onde guardar?
Se você investiu em um vinho para tomar daqui a 10 anos, deixar para uma ocasião especial futura, vale guardar a garrafa em uma adega, com temperatura entre 12° e 13°C. “Tanto para brancos, tintos, rosés e espumantes”, disse. Caso pretenda tomar em breve, nos dias ou meses seguintes, guarde a garrafa em um lugar escuro, com temperatura amena e constante. “Não guardar na cozinha perto do fogão, pois esquenta e gera fermentação indesejada. Nem fechado na geladeira porque lá tem luz, trepidação”, disse.

2. E após aberto, o que fazer?
“Coloque de volta a rolha (algumas pessoas usam equipamentos para tirar oxigênio da garrafa). Mas pode deixar na geladeira depois de aberto”, disse. “Vinhos mais alcóolicos e tintos duram mais tempo, de 7 a 8 dias, porque tanto o álcool quanto o tanino os protegem. Enquanto os brancos e rosés duram 2 a 3 dias na geladeira”.

3. Vale a pena investir em um decanter?
“É um instrumento com duas funções: decantar, de fato, separar líquido de sólido, pois quando os vinhos envelhecem, o tanino presente na pele da uva se solidifica e cai no fundo da garrafa. A outra função é aerar. O vinho é um alimento vivo, precisa de um tempo para abrir aroma. O decanter permite o contato do líquido com o oxigênio. Ele vira vapor e a gente o sente muito mais”.

Se for um vinho de 10, 15 anos, é melhor decantar por 30 a 45 minutos. Já no vinho jovem, o decanter servirá apenas para aerar o vinho, o que pode ser feito em qualquer jarra, na própria taça, por 10 a 15 minutos. “O que não pode é abrir a garrafa e deixar respirar. A abertura da garrafa é pequena, não funciona”, pontua.

5. Pode colocar gelo no vinho?
Existe uma linha de produtos, a Ice, criada para que as pessoas coloquem pedras de gelo no líquido porque, em geral, é um produto mais doce. Já no vinho doce e seco, pode? Se quiser, coloca. Eu, Jessica, tirando a categoria Ice, não colocaria.

6. Vinho tem que ser guardado deitado ou em pé?
“Quando tiver rolha de cortiça, guarde deitado. O líquido entra em contato com a rolha, ela expande e veda o vinho de forma perfeita”, disse. “Quando falamos de vinho com rosca, tudo bem deixar de pé, não faz diferença”.

Casa Vogue

ÚLTIMAS NOTÍCIAS